Como o software jurídico beneficia a gestão de pessoas?

O software jurídico pode trazer inúmeros benefícios para a gestão de pessoas do seu escritório de advocacia. Ao contrário do que muita gente pensa, a tecnologia não diminui a necessidade de bons profissionais. Sobretudo na advocacia, onde a pessoalidade é essencial.

Dessa forma, alguns recursos, como o programa jurídico, acabam sendo essenciais para melhorar o clima organizacional. É sobre isso que vamos falar no artigo desta semana.

Antes de tudo: por que o seu escritório deve investir na gestão de pessoas?

As empresas, finalmente, parecem reconhecer a importância de funcionários satisfeitos. Eles agregam valor ao negócio e trazem resultados positivos no faturamento. Por isso, a maioria delas tem criado estratégias para garantir o bem-estar e a felicidade de seus colaboradores.

O escritório de advocacia deveria seguir a mesma tendência. Deveria, porque a realidade é que há muito a ser desenvolvido nessa área. Sempre que um bom advogado deixa um escritório, é comum que os cliente sigam o mesmo caminho. É aí que a gestão de pessoas se torna uma ferramenta essencial também na advocacia.

Com uma boa gestão, o escritório acaba melhorando o clima organizacional. O resultado: profissionais satisfeitos, aumento da produtividade e retenção dos talentos na empresa. Dessa forma, a tendência é que a cartela de clientes também fique mais estável.

O que a gestão de pessoas tem a ver com o software jurídico?

O software jurídico traz inúmeros benefícios ao escritório de advocacia. Ele otimiza as rotinas, aprimorando ainda mais a gestão de pessoas.

São vários os recursos que acabam colaborando para a satisfação dos profissionais e, consequentemente, beneficiando a produtividade.

Autonomia

Sim! Os advogados terão mais autonomia para executar suas tarefas. A ferramenta permite a sistematização de dados e informações. Assim, o profissional consegue encontrar tudo aquilo que precisa para atender o seu cliente, elaborar um contrato ou uma peça processual.

Os melhores programas jurídicos do mercado possibilitam que todos os dados e informações do cliente fiquem segmentados, facilitando a busca e o trabalho do profissional. Por meio do software, o advogado tem tudo o que precisa para desempenhar suas funções.

Além da autonomia profissional, ele também oferece a autonomia de localidade. Como o software está em nuvem, é possível acessá-lo de qualquer dispositivo, a qualquer hora e local.

O software jurídico melhora a comunicação

A comunicação interna é um dos maiores desafios para as empresas. Com o escritório de advocacia não é diferente. Com tantas tarefas, é muito comum os advogados ficarem perdidos em suas próprias agendas.

Muitas vezes não existe tempo livre para trocar ideias importantes e até mesmo para delegar tarefas essenciais.

Os softwares colaboram com essa dinâmica. A maioria dos programas, como o iProcessum, por exemplo, contam com funcionalidades para inserir demandas e seus prazos.

Por meio de um dashboard intuitivo, as tarefas a serem executadas pelo escritório ficam disponíveis de maneira prática. Elas são direcionadas para membros específicos ou grupos e, criadas a partir de uma publicação, um processo, um caso, um cliente ou um membro.

Um software para advogado facilita bastante o dia-a-dia e o trabalho em equipe. Dessa forma, profissionais mais engajados sentem-se parte do negócio e são mais propensos a entregar melhores resultados.

Eficiência

As ferramentas foram criadas para que seja fácil identificar problemas ou dificuldades na execução de tarefas. O objetivo é que sua equipe atue de forma efetiva em atividades pendentes ou complexas.

Separar as tarefas em fases ou colunas permite que o gestor ou colaborador acompanhe a evolução das atividades, desde sua criação até seu fechamento.

Automatização dos processos

Como o modelo já é otimizado – basta que se preencha com as informações necessárias para a execução das atividades – o advogado vai poder se dedicar ao que realmente importa. Vai sobrar mais tempo para fazer tarefas estratégicas e relevantes: estudar os casos, elaborar teses e petições e atender o cliente. O advogado vai se sentir muito melhor aproveitado ao desempenhar funções que se relacionam diretamente com a sua profissão.

O software jurídico favorece a relação do advogado com seu o cliente. No caso do iProcessum é possível notificar por e-mail qualquer cliente cadastrado no sistema sempre que uma nova publicação referente ao mesmo for importada. Assim, ele fica sabendo em primeira mão todas as novidades em seu processo jurídico.

Avaliação das práticas profissionais

O software jurídico também possibilita fazer uma avaliação mais precisa do desempenho e da produtividade dos advogados. Os gestores conseguem analisar o retorno que os profissionais estão trazendo. Essa funcionalidade é essencial para tomar medidas que melhorem o desempenho. Ter profissionais que trabalham em alta performance é essencial.

Mais do que investir em gestão de pessoas, o escritório deve apostar em uma gestão eficiente, focada nos pontos fortes e fracos de cada membro do time. Com um software para advogados, essa tarefa fica muito mais fácil.

Conclusão

Trabalhar com advogados satisfeitos e produtivos deve ser um objetivo para qualquer escritório de advocacia. A empresa ganha não só em resultados, mas também melhora a qualidade do clima organizacional. Para os advogados, nada melhor do que trabalhar em um escritório o qual se gosta. Você sabia que o software jurídico também favorece o networking com clientes e parceiros. Quer saber mais? Na próxima semana, vamos abordar esse assunto.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Bitnami