(31) 3972-9452 / (31) 9 9382-6600

Qual a sua estratégia para ser mais eficiente no exercício da advocacia? Ou ainda: você tem uma? Já parou pra pensar sobre isso? Caso ainda não tenha, continue a leitura do artigo de hoje. Vamos falar o quanto traçar um plano para ser mais eficiente é extremamente importante para o seu sucesso como advogado.

Como lidar com as tarefas indesejáveis?

Tem várias coisas que a gente faz, mas não curte nem um pouco fazer. Lavar louças pode ser uma delas. Entretanto, é impraticável deixar a pia cheia, não é mesmo? Então, é preciso lavá-las mesmo que você considere algo super chato de fazer.

No exercício do Direito é a mesma coisa. Por mais que você ame a sua profissão, existem algumas tarefas que você não é muito fã de fazer. Elaborar teses ou participar de audiências podem ser atividades estimulantes. Por outro lado, fazer a busca por atualizações nos processos, deve ser algo muito mecanizado e entediante, não é mesmo?

Antes de prosseguirmos, gostaríamos que você refletisse. O que você não curte fazer em sua rotina como advogado ou advogada? O que você não gosta no Direito?

Por mais especializado em uma área do Direito que você – ou seu escritório – sejam, as tarefas chatas também fazem parte do exercício da profissão. Fugir disso acarretaria em um serviço de qualidade ruim ou acabaria comprometendo o seu crescimento profissional.

Lembre-se: sempre haverão coisas que você vai amar fazer e outras nem tanto. E isso vale para todas as esferas da sua vida.

Todas as ações, entretanto, estão ligadas a um comportamento. E é ele que fará com que essas tarefas desagradáveis sejam mais ou menos insuportáveis. Então, do que você não gosta na Advocacia? Como você se comporta diante dessas atividades que parecem um martírio?

Estratégias para as tarefas que você não curte fazer

É aí que chegamos ao assunto deste artigo: estratégias na advocacia.

Estratégias são os seus recursos internos e externos para realizar qualquer atividade que seja.

Vamos fazer uma suposição. Você, como advogado, detesta elaborar petições e peças escritas, mas ama a dinâmica das audiências. Adora os debates e concentra toda a sua energia para pensar nos melhores argumentos para defender seu cliente. Isso é o que te deixa motivado e feliz no exercício do Direito. É essa a sua estratégia para se destacar cada vez mais na área.

Como usar essa mesma energia para escrever as peças, algo que não curte tanto fazer?

Utilize a técnica de Transferência de Estratégias.

  1. Conscientização. Elaborar petições e escrever peças jurídicas é indispensável em sua profissão de advogado. Você vai precisar executá-las. E, claro, da melhor forma possível.
  2. Todo esforço se transforma em aprendizado. E isso, certamente, vai se converter em mais experiência. Quanto mais você realizar essa atividade, mais fácil vai ficar de fazer.
  3. Tudo pode ser mais prazeroso. Existem estratégias para deixar essas tarefas mais leves. Continue a leitura do artigo.
  4. Por que o seu desempenho é melhor em determinadas tarefas que em outras? Analise as atividades em que você é bem sucedido. É hora de transferir a estratégia dessa tarefa que você executa com melhor desenvoltura para um contexto no qual você não obtenha os resultados que deseja.

É hora de criar a sua estratégia

Antes, reflita sobre algumas questões.

  1. Qual é a sua motivação para executar as tarefas que curte fazer?
  2. O que você sente quando alcança seus objetivos?
  3. O que você faz para conquistá-los?
  4. Quais as habilidades pessoais você usa para conseguir seus objetivos?
  5. O que você faz quando não está alcançando sua metas satisfatoriamente?

Se você não gosta de fazer petições, talvez seja a hora de enxergar essa tarefa de um jeito diferente. Lembre-se do motivo pelo qual escolheu ser advogado. Canalize as energias de algo que seja bom e adote a mesma postura ao executar tarefas que não curta tanto fazer.

Depois, avalie os resultados. Sendo eles satisfatórios, você olhará de um novo jeito para a atividade, e certamente vai desempenhá-la com mais excelência.

Como transformar tarefas desagradáveis em eficientes na Advocacia?<;h2>

Se você quer que alguma coisa se transforme em hábito, a dica é fazê-la junto com um algo que você já faça naturalmente. E mais: que curta fazer. Você pode escrever suas petições no início do seu dia de trabalho, quando está com a cabeça arejada, ouvindo uma música que curta ou depois de descontrair com seus colegas na hora do café. Todas essas estratégias vão deixar as tarefas indesejáveis mais leves. Quem sabe você não passa até a gostar delas?

Nossas estratégias estão diretamente relacionadas aos nossos comportamentos. Como você encara o mundo e reage diante daquilo que gosta de fazer e, principalmente, do que não gosta de fazer? O seu comportamento vai deixar a experiência de vida mais leve e mais feliz.

Dica bônus

Você não precisa sofrer com as tarefas mais burocráticas como fazer a busca das atualizações em todos os processos do seu escritório. A tecnologia existe para simplificar essas atividades, deixando seu dia muito mais produtivo. E, claro, com mais tempo para fazer o que gosta e o que realmente importa para o exercício do Direito.

Que tal, então, investir em um software jurídico completo que tenha a função de informador jurídico? A equipe do iProcessum está pronta para oferecer o melhor plano para o seu escritório de advocacia. Entre em contato conosco!

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Bitnami