(31) 3972-9452 / (31) 9 9382-6600

Como consolidar o relacionamento com seu cliente na Advocacia?

Trabalhar horas e horas do dia para solucionar casos e processos pode não ser o suficiente para garantir um bom relacionamento com seu cliente. Aliás, muito pelo contrário. Gastar muito tempo para estudar o processo, elaborar teses, argumentos e petições e não dar retornos periódicos faz com que seu cliente se sinta preterido. Mesmo ele sabendo que você está se debruçando sobre o caso.

É preciso, portanto, se aproximar mais do seu cliente de forma a consolidar o relacionamento. E, claro, uma clientela satisfeita significa fidelização, menor risco de inadimplência e muito mais indicações. Em um mercado tão competitivo, um relacionamento sólido é um baita diferencial para seu escritório.

Se você tem dúvidas de como consolidar o relacionamento com seu cliente, veio ao lugar certo. Hoje vamos abordar as estratégias para fortalecer a relação, e oferecer, assim, um atendimento jurídico de excelência.

Um breve resumo dos pontos a serem abordados:

  1. Saiba ouvir o seu cliente
  2. Clareza ao seu comunicar
  3. No atendimento jurídico, os feedbacks devem ser periódicos
  4. O software jurídico pode ajudar!
  5. Cuide das expectativas do seu cliente

Lembre-se: Os resultados por si não são garantia de um bom relacionamento

Saiba ouvir o seu cliente

Escutar o que seu cliente tem a dizer é o primeiro passo para um relacionamento de sucesso. Aliás para qualquer tipo de relação, seja ela pessoal ou profissional, não é mesmo?

Muitos advogados, entretanto, não tem disponibilidade para sentar com seu cliente. Ansiosos pelos honorários, já querem logo apresentar teses ou mesmo citar a jurisprudência.

Não seja essa pessoa! Para saber o que seu cliente precisa e poder ajudá-lo com mais assertividade, você deve ouvi-lo. E, sim, antes mesmo de propor qualquer solução para o caso. Por mais experiente que você seja, os clientes e seus casos têm suas especificidades.

Seja claro ao se comunicar

A maioria dos problemas do relacionamento podem ser resolvidos com a comunicação. Então, comunique-se de forma clara, e com frequência.

Seu cliente é leigo e, provavelmente, não conhece detalhes que podem ser óbvios para quem atua na área jurídica. Evite, portanto, uma linguagem formal e técnica. Seja didático, mostrando as possíveis soluções para o caso e, sobretudo, os caminhos para chegar a cada uma delas.

Uma dica essencial é se colocar no lugar do seu cliente, tendo em mente as dúvidas e perguntas que ele tem ao te procurar.

Os feedbacks devem ser frequentes! O software jurídico pode ajudar nisso

Além da clareza ao se comunicar, você também deve ser proativo com seu cliente. Informe dados e fatos importantes antes mesmo dele pedir. Um software jurídico, como o iProcessum, vai deixar a comunicação muito mais eficiente.

É que, além de deixar a gestão de tarefas mais eficiente, ele também importa publicações dos diários oficiais da Justiça. Depois, é só conferir as publicações do dia com as importadas pelo sistema. Assim como você recebe a notificação automática, o seu cliente também poderá ser avisado das novidades. Você precisará ligar apenas para explicar as atualizações e quais serão os procedimento dali pra frente.

O iProcessum também faz a contagem automática de prazos, sugerindo deadlines para a conclusão (inclusive, eles podem ser alterados por você!). Assim você organiza as tarefas de maneira rápida e simples, evitando a perda de prazos.

Cuide das expectativas do seu cliente

Sua comunicação deve ser clara de forma que seu cliente entenda exatamente o que pode ser feito em seu caso. Dessa forma, você evita possíveis desentendimentos e decepções causadas por altas expectativas.

Você conquista a confiança do seu cliente ao mostrar soluções esperadas para o serviço jurídico. Jamais se comprometa com resultados que você não poderá cumprir. Pior: que não dependam da sua atuação. Para evitar distorções ou desentendimentos, formalize sempre o contato com o cliente através de um e-mail.

Os resultados não são suficientes para garantir um bom relacionamento

Você pode até ganhar a causa, mas isso não significa que conquistou o cliente. Ele precisa entender o que você fez por ele e de que forma contribuiu para o êxito do processo.

Para obter sucesso não apenas nos processos, mas também no relacionamento com o seu cliente, saiba escutá-lo, seja transparente, realista e dê feedbacks constantes.

Atuando com base nesses pilares, você pode melhorar o relacionamento, criando bases mais sólidas com sua clientela.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Bitnami